segunda-feira, 31 de março de 2014

Circuito de aventuras na Escola 11 de Agosto

A Escola 11 de Agosto, de Nova Prata, nos envia imagens de uma atividade diferenciada, que está sendo realiziada no Ensino Médio Politécnico, onde estão desenvolvendo atividades que buscam aliar o cotidiano à experiências diferenciadas que possam oferecer novas aprendizagens.
Os alunos dos primeiros e segundos anos
participaram, na última semana, de um CIRCUITO DE AVENTURAS, no Parque Gasper, em Bento Gonçalves.
O objetivo foi proporcionar a vivência de situações que ensinam a enfrentar desafios, superar limites, ter coragem, persistência, confiança, liderança, trabalho em equipe, desenvolvimento de competências técnicas, comportamentais e emocionais dos participantes, através da prática de esportes de aventura, para posterior Projeto de Iniciação Científica. A atividade foi coordenada pela Equipe Diretiva e pelos professores do Seminário Integrado.

Governo do Estado engajado nas redes sociais para a Semana da Democracia

O Governo do Estado destaca nas redes sociais desde o dia 24 a campanha da Semana da Democracia, evento que promove a reflexão sobre o período da ditadura e a valorização da liberdade democrática, de terça (1º) a sábado (5) no Memorial do Rio Grande do Sul, centro de Porto Alegre. Além de postagens diárias para estimular a participação da população no evento, com a hashtag nuncadesapareça, foi criado um aplicativo para a troca de avatar no Facebook, que permite às pessoas mudarem a foto do seu perfil adotando uma arte especialmente criada para a campanha, acessando o site www.nuncadesapareca.com.br.
Ele transforma a foto do perfil num cartaz com o slogan da semana, “Democracia: Que Nunca Mais desapareça”. Até o meio-dia deste domingo, a página tinha mais de 54 mil visualizações e mais de 12 mil perfis fizeram a troca de avatar.
 
Foram produzidos até agora seis vídeos relacionados ao tema, com mais de 2 mil visualizações. Eles apresentam a proposta da campanha e entrevistas de personalidades, como o jornalista e professor Juremir Machado da Silva, e o diretor do Museu de Direitos Humanos do Mercosul, Márcio Tavares dos Santos.
 
“A divulgação da Semana da Democracia nas redes contribui para aumentar o engajamento das pessoas na campanha, há uma onda no Facebook de pessoas baixando o aplicativo da mudança de avatar e também acessando a programação no hotsite”, afirma Tatiana Sottili, diretora de Mídias Sociais da Secretaria de Comunicação e responsável pela campanha online. A programação começa terça-feira com show de Daniel Drexler e Ernesto Fagundes, às 18h30, num palco em frente ao Memorial do Rio Grande do Sul, e a abertura do Museu dos Direitos Humanos do Mercosul, no mesmo local, às 20h.

Siga o governo e participe da campanha:
Facebook
Twitter
Youtube

Confira a programação completa em www.nuncadesapareca.com.br

Inaugura amanhã Museu dos Direitos Humanos do MERCOSUL

 

O Museu dos Direitos Humanos do Mercosul (MDHM) será inaugurado no dia de amanhã, 1º de abril, com cerimônia que terá início às 18h30. O MDHM será a primeira instituição museológica de caráter transnacional voltada para a memória. Este projeto surgiu a partir de uma determinação da Reunião de Altas Autoridades em Direitos Humanos do MERCOSUL, em novembro de 2011, ocorrida em Montevidéu, para que em Porto Alegre fosse criado um espaço de memória destinado a dar visibilidade à integração contemporânea de nossos países pela via dos direitos humanos.
O Museu dos Direitos Humanos do Mercosul será sediado no antigo prédio dos Correios e Telégrafos, na Praça da Alfândega, onde hoje encontra-se o Memorial do Rio Grande do Sul (Memorial RS) e oArquivo Histórico do Rio Grande do Sul (AHRS). As três instituições juntas formarão o maior centro cultural de memória do Brasil.
Localizados no coração do Centro Histórico de Porto Alegre, junto da recém restaurada Praça da Alfândega e vizinhos de dois dos principais centros culturais da Capital – o Museu de Arte do Rio Grande do Sul e o Santander Cultural -, o complexo reunirá parte significava da história gaúcha em seu acervo documental. Possuindo documentação que remontam do século XVIII até a contemporaneidade, o acervo
segue crescendo, em especial com a formação do Museu dos Direitos Humanos do Mercosul, com a incorporação de coleções de documentos ligados aos temas dos direitos humanos, histórias de vida e dos movimentos sociais.
Com mais de 3.600m2 de área, o edifício centenário, que abrigou até 1996 a sede dos Correios e Telégrafos, recebeu uma nova reforma entre 2013 e 2014 para abrigar o Museu de Direitos Humanos do Mercosul (MDHM). As adaptações recentes consistiram na modernização de sua área expositiva, com a contrução de galerias de exposições, salas de montagem, nova museografia e iluminação. A primeira etapa das reformas foram realizadas para o recebimento da Bienal do Mercosul, em 2013, quando a população pode visualizar o prédio com suas estruturas internas recuperadas. Agora, em 2014, foram construídas galerias no térreo e no primeiro pavimento do edifício tornando-o adaptado para exposições com os mais variados
suportes e temas relacionados ao projeto curatorial que o museu irá implantar. Finalizada esta etapa da reforma no dia 20 de março, a edificação estará composta por 13 modernas galerias. Ainda no decorrer deste ano será completamente reformada a Sala de Pesquisa e adaptada a área de acervo do museu, incluindo uma reforma completa do auditório.. Todas estas reformas estão sendo realizadas com recursos provenientes através de um convênio firmado entre o Governo do Estado do Rio Grande do Sul e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH-PR). Até o final de 2016, a terceira etapa será completada através do PAC das Cidades Históricas, quando o edifício estará totalmente climatizado. A climatização hoje é parcial e atinge 3 galerias e as áreas de acervo.
Com a inauguração do Museu dos Direitos Humanos do Mercosul, o Rio Grande do Sul, além de ganhar uma nova instituição museológica de porte internacional, passará a ser referência na constituição de programas que estimulem a cultura da memória e da história.
Essa nova instituição de memória tem o objetivo evidenciar que os direitos humanos são um uma construção histórica e que sua manutenção como uma plataforma universal depende que a sociedade se aproprie do conceito para si. Desse modo, apresentará em seu programa curatorial um conjunto de exposições que abordarão os mais diversos temas relacionados aos os direitos humanos, como: violência política, histórias de mulheres e do movimento feminista, negros, indígenas, da comunidade LGBT por meio de uma sólida plataforma artística e histórica. Em 2013, por exemplo, o Museu já iniciou a formação do primeiro acervo público brasileiro com a temática LGBT recebendo os arquivos do Grupo Nuances – acervo de imensa relevância, pois o Grupo é uma das primeiras organizações em prol dos direitos da comunidade LGBT brasileira e possui uma variedade significativa de registros em imagem e papel que retratam os últimos 20 anos.
Por meio de um programa curatorial arrojado e inovador, que estará fundamentado na justaposição entre produção artística e a documentação, e de um programa pedagógico comprometido com a educação para a cidadania, o museu busca articular em seus projetos culturais uma visão do conjunto das demandas por direitos humanos no âmbito e fomentar a construção de uma cultura de paz e tolerância, fugindo, assim, de abordagens dogmáticas ou doutrinárias que podemos considerar recorrentes em projetos realizados sem o mesmo cuidado no desenvolvimento da plataforma museológica ou produzidos por compromissos
estritamente políticos. Trata-se, portanto, de um museu de afirmação inequívoca dos direitos humanos, mas aberto à diversidade em todos os sentidos e variantes. Fonte: Secretaria de Estado da Cultura do RS.

Jogos Escolares vão mobilizar mais de 200 mil estudantes em 2014

 
 
Foto: Eliana Passarin
 
Com expectativa de superar os números de 2013, quando foram registrados 213 mil estudantes participantes de 1.850 escolas públicas das redes estadual, municipal e federal do Rio Grande do Sul, os Jogos Escolares do Rio Grande do Sul (Jergs) chegam à 44ª edição em 2014. Promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), os jogos se realizam em diferentes etapas: municipal (março a maio), regional (maio a outubro), inter-regional (junho a outubro) e final, em junho e julho e de setembro a novembro, conforme calendário anexo a seguir. A abertura oficial dos Jergs 2014 será realizada em 06 de maio, na Escola Estadual de ensino Fundamental  Paraíba de Porto Alegre.
Em 2014, as disputas serão em nove modalidades, uma delas inédita, Tênis de Mesa: Atletismo, Basquetebol, Futebol de Campo, Futsal, Handebol, Orientação, Voleibol e Xadrez.
As categorias infantil e juvenil participarão em todas as modalidades. A categoria mirim participará no Atletismo, Futebol de Campo, Futsal, Orientação e Xadrez, em todas as etapas.
A final de Orientação acontecerá paralelamente ao mundial, que será disputado no município de Canela em novembro.
De acordo com a assessora responsável pelos Jogos Escolares na Seduc, Carla Magalhães, em 2014 os Jergs voltam a ser referência e vão apontar as equipes e/ou atletas das escolas públicas para a Seletiva Estadual (Cergs), que definirá os representantes do Rio Grande do Sul na etapa nacional.Texto: SEDUC

sexta-feira, 28 de março de 2014

Publicada Ordem de Serviço sobre gestão do quadro de professores

 

Está publicada no Diário Oficial  do dia (27) a Ordem de Serviço no 02/2014, que dispõe sobre “os procedimentos administrativos a serem adotados junto aos estabelecimentos de ensino da rede estadual em caso de ausência de professores no cotidiano escolar”. Segundo o secretário de Estado da Educação, prof. Dr. Jose Clovis de Azevedo, o conteúdo do documento já existe como orientação para as escolas, a publicação serve para regulamentar o processo. “É obrigação da escola gerenciar os recursos humanos para garantir que os alunos permaneçam em atividades”, disse o secretário fazendo referência ao artigo no 1 que veda “a dispensa de alunos (as) nos estabelecimentos de ensino da rede pública estadual durante o expediente escolar, mesmo no caso de haver ausência de professores”.
O documento também estabelece o prazo de 24h para que as escolas comuniquem a falta de professores no quadro, mesmo prazo que a Coordenadoria Regional de Educação (CRE) terá para dar encaminhamento à demanda. Além disso, determina às equipes diretivas manter rigorosamente atualizadas as informações dos instrumentos de recursos humanos: banco de dados dos alunos (BDA), o Programa de Gerenciamento de Recursos Humanos (PGRH), e apresentem o quadro geral dos professores e a efetividade dos mesmos.
 

quarta-feira, 26 de março de 2014

Alunos da Escola Elisa Tramontina da 16ª CRE são destaque na FEBRACE


Os alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Elisa Tramontina, de Carlos Barbosa, participaram da 12ª edição da Febrace, Feira Brasileira de Ciência e Engenharia, que ocorreu no campus da USP em São Paulo na última semana.
Apresentando o projeto "Painéis de Madeira Ecológicos - incorporação de lixo eletrônico na produção de painéis do tipo MDF", os alunos Jordano C. Facchini, Natalia Mantovani e Natalia Royer, orientados pela professora Sandra Seleri, receberam uma certificação internacional da ASM Material Education Foundation em reconhecimento ao trabalho desenvolvido na pesquisa.
 "A experiência e o conhecimento que a pesquisa científica proporciona ao aluno e a maneira como o faz refletir sobre os problemas que o cercam e de que forma a solução pode estar ao alcance de seus estudos e reflexões, é o que torna todo o processo de aprendizagem através da pesquisa gratificante." Diz a professora orientadora.
 O grupo pretende aprimorar a pesquisa para participar de outras feiras que acontecem no nosso estado durante o ano, como a MEP, a Mostraseg, Mostratec, entre outras disse a professora orientadora.
A 16ª CRE parabeniza toda a Equipe Diretiva, professora orientadora, os demais professores e os alunos pelo trabalho desenvolvido que levou a Certificação Internacional.
Professora Orientadora Sandra Seleri com os alunos levando o nome da educação pública gaúcha a  FEBRACE

terça-feira, 25 de março de 2014

IMAGEM DO DIA

Imagens: Eliana Passarin
Em plena Campanha de Vacinação do HPV, registramos esta imagem das adolescentes na Escola Dom Matheus Pasqualli exibido a Caderneta  da Saúde do Adolescente.

 

Escola Professor Jacintho Silva: " Energizando Forças Vitais, construindo sonhos"

Experiência do Politécncico
 
Os alunos e professores da Escola Estadual de Ensino Médio Professor Jacintho Silva, de Cotiporã,estão desenvolvendo um Projeto chamado “Energizando Forças Vitais” com as seis turmas do Ensino Médio Politécnico, tendo a energia como base da vida. Tornar a escola um espaço educador sustentável rompendo com a lógica que orienta a dinâmica social atual faz parte do novo paradigma que estabelece elos entre o currículo, os envolvidos no processo de aprendizagem e o mundo atual, diz a direção da ecola. A energia é a base da vida no sentido literal e no sentido mais amplo se aplica a processos vitais como um todo.
O Projeto está organizado nas quatro grandes áreas do conhecimento, com enfoque direcionado à energia em várias dimensões e aspectos. Aliando à teoria à prática, as áreas da Matemática e das Ciências da Natureza, realizaram visitas à Usina 14 de Julho e a da Linha Emília, para compreender o funcionamento das mesmas, sua utilidade, impactos ambientais, necessidades de buscar novas fontes de energia visando a compreensão e conscientização do seu uso racional.
Também será realizada a Trilha das Lontras no Rio Vicente Rosa, com o objetivo de conhecer a mesma e sua biodiversidade, levando os participantes a posicionarem-se de forma crítica frente à possível construção de uma usina neste rio e prováveis impactos ambientais provocados pela mesma.
Na área das Linguagens o enfoque está direcionado à energia que vem da música, criando redes entre os conhecimentos a serem trabalhados. Já, as Ciências Humanas pretendem desenvolver práticas que levem os alunos a perceberem a realidade, enfatizando a necessidade de utilizar sustentavelmente as diversas formas de energia, conhecendo e aproveitando as alternativas e pontuando a Força Criadora do Universo.
A atividade inicial do Projeto realizada no Seminário Integrado por todas as turmas foi a construção da árvore dos Sonhos, fundamentada na energia que os sonhos carregam consigo. Para realizar algo de valor é preciso de um espaço para sonhar. A atividade coletiva nos faz lembrar  como dizia Raul Seixas, “Um sonho que se sonha só, é só um sonho, mas sonho que se sonha junto é realidade”. Portanto, se muitos estiverem sonhando o mesmo sonho, a chance de transformar a realidade aumenta destaca a direção da escola.


 

 
 

Encontro do PSE reúne mais de 150 profissionais

Imagem: Eliana Passarin
Acontece durante  o dia de hoje( 25) um Encontro de formação para profissionais da saúde e educação no auditório da Escola General Bento Gonçalves da Silva, promovido pela Secretaria Estadual de Saúde, Secretaria Estadual de Educação e Grupo de Trabalho do PSE de Bento Gonçalves que conta com a participação da 16ª CRE, SMED e Secretaria da Saúde.O encontro que reúne mais de 150 profissionais tem como foco  o cuidado de crianças e adolescentes  na atenção básica e a implantação da  caderneta do adolescente que tem como objetivo promover e acompanhar o crescimento e o seu desenvolvimento, na medida temporal oportuna, para melhor qualidade de vida.
Encontro reúne profissionais da educação e da saúde
 

segunda-feira, 24 de março de 2014

Rio Grande do Sul assina Pacto pelo Fim do Racismo Institucional

O secretário de Educação Jose Clovis de Azevedo acompanhou na manhã desta sexta-feira (21) a assinatura do Pacto pelo Fim do Racismo Institucional. O documento assinado pelo governador Tarso Genro e pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Aquino Flôres de Camargo, institui que as esferas governamentais comprometem-se a combater o preconceito racial nas instituições públicas. O pacto consiste em compromissos firmados pelas três esferas de governo (Executivo, Legislativo e Judiciário), além do Ministério Público e Defensoria Pública, para combater o racismo institucional, que são:
- Aderir ao selo Igualdade Racial é Pra Valer;
- Identificar normas, políticas e práticas que apresentem conteúdo discriminatório e adotar medidas para saneá-las e prevenir novas discriminações;
- Desenvolver uma competência cultural entre o quadro de servidores públicos para o enfrentamento ao racismo;
- Medidas de promoção de negros nos quadros de servidores, através de cotas raciais, por exemplo.

Governo do Estado anuncia 23 novas escolas com tempo integral

 
Foto da Notícia
Ainda no decorrer do primeiro semestre de 2014 mais 23 escolas com turmas de Ensino Fundamental oferecerão tempo integral aos estudantes. De acordo com o Censo Escolar da Educação Básica de 2013, as 23 escolas tiveram 5.905 matrículas de alunos no Ensino Fundamental e Pré-Escola, faixas que serão beneficiadas com o tempo integral. Três escolas são rurais e 20, urbanas. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (21), pelo governador Tarso Genro em ato no Palácio Piratini.
Tarso enfatizou que a iniciativa de expansão do Programa Escolas de Tempo Integral integra um conjunto de ações responsáveis pelo aumento da qualidade da educação pública da rede estadual. De acordo com o governador, nas próximas semanas o resultado dos investimentos feitos pelo governo do Estado na educação demonstrará o alcance do dobro das metas estabelecidas no início desta gestão. “Este é um momento de celebração. Os avanços obtidos são extraordinários. Criamos as condições, fizemos investimentos, mas reconheço nos alunos, professores e servidores os sujeitos da recuperação e dos resultados alcançados”, declarou Tarso Genro.
Solange Margareth Grassel Marques, diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental Telmo Mota, de Giruá (17ª Coordenadoria Regional de Educação – CREs – Santa Rosa), representando os diretores das escolas incluídas no programa, destacou que a ampliação das escolas atende a anseios das comunidades escolares. Para a gestora, a iniciativa é mais uma ação que contribui para alcançarmos o objetivo maior do nosso trabalho, criar condição favorável ao desenvolvimento global dos estudantes, para que sejam cidadãos conscientes. Solange Marques frisou também os investimentos que vêm sendo feitos pelo governo do Estado na educação estadual. “Formação continuada, reformas em escolas, aquisição de equipamentos são condição para a melhoria da qualidade da educação como formadora e transformadora da realidade em que a escola está inserida”, concluiu.
Já o titular da Seduc, Jose Clovis de Azevedo, enfatizou que as escolas de tempo integral constituirão uma nova proposta. “Não se trata de fazer o mesmo em mais tempo. A proposta traz uma transformação na concepção, com metas e resultados, e essas escolas vão contribuir para melhorar a média dos índices de aprendizagem na rede estadual”, disse o titular da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), destacando que a ideia é integrar na matriz curricular o conteúdo cognitivo com o lúdico, a cultura, o lazer e os esportes, e não destinar um turno para atividades cognitivas e o outro para a ludicidade, o lazer, a cultura e os esportes.
Proposta pedagógica
A proposta pedagógica em construção prevê para as escolas de tempo integral matriz curricular que incorpora a reestruturação curricular que vem sendo feita na Educação Básica da rede estadual pela Seduc, com a perspectiva da educação integral, como é o caso do trabalho por áreas do conhecimento (linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas). A carga horária será de oito horas diárias. A base curricular prevê formação geral (áreas do conhecimento) e atividades curriculares integradoras obrigatórias e optativas. As obrigatórias incluem iniciação aos estudos da pesquisa, leitura e produção textual, experiências matemáticas, educação em direitos humanos, atividades artísticas e culturais, atividades esportivas e motoras e estudos monitorados. As optativas são agroecologia, memória histórica da comunidade, educação para a paz, cultura digital/informática educacional e línguas.
A iniciativa integra as ações da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) visando à aplicação da Lei 14.461, de 16 de janeiro passado, que regulamenta o inciso VI do art. 199 da Constituição Estadual – que determina como dever do Estado prover os meios para que progressivamente seja oferecido horário integral a alunos do Ensino Fundamental. De acordo com a nova legislação, o Governo do Estado tem dez anos de prazo para implementar o tempo integral em 50% das escolas estaduais com Ensino Fundamental. O Censo Escolar da Educação Básica de 2013 indica que a rede estadual gaúcha conta com 2.364 escolas de Ensino Fundamental.
O ato desta manhã também contou com a participação da deputada estadual Juliana Brizola, autora do projeto de lei que trata das escolas de tempo integral. “Esta é a primeira lei do país a tratar do tema. Este momento é um marco na história da educação gaúcha”, frisou a parlamentar.
De acordo com a coordenadora das CREs na Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Carmen Pereira, 15 CREs têm escolas incluídas na lista, sendo que Porto Alegre (1ª CRE) conta com o maior número de escolas, cinco. Com a inclusão dessas 23 escolas no programa, a rede passa a contar com 53 escolas com tempo integral, com atendimento a mais de 12 mil estudantes de turmas do ensino fundamental e pré-escola.
Carmen Pereira explica que os critérios para definição das escolas foram adesão das equipes diretivas, espaço físico disponível e capacidade de destinação de recursos humanos. As escolas que passam a ter tempo integral receberão 10% a mais de recurso financeiro nas rubricas de manutenção e material permanente, além de reforço financeiro para alimentação escolar.
O cronograma para implantação do tempo integral inclui formação para representantes das equipes diretivas das 23 escolas, na primeira semana de abril, mês em que deverá ser efetivada a contratação e destinação dos recursos humanos necessários.
A Banda Marcial da Escola Estadual de Ensino Fundamental Maria José Mabilde, que passa a integrar o programa, fez uma apresentação cultural durante a cerimônia. SECOM
 

Landell comemora dia da Poesia com Recital

Os alunos dos Ensino Médio do Colégio Landell de Mourados primeiros anos do ensino médio e oitavas séries, comemoraram o Dia da Poesia com um inspirado Recital Poético, sob a orientação da escritora e professora  de Língua Portuguesa e  Literatura Ritamar Invernizzi. Fotos enviadas pela Escola
Apresentação da 2ª Prenda Juvenil Do CTG Gaudério Serrano, Brenda Paim, aluna do 1ª Ano

Os músicos Guilherme, Henrique, Escritora e Professora Ritamar, Gilmar e Gabriel
Alunos do Ensino Médio.

 
 

16ª CRE visita obras nas escolas e imprensa da região


Texto e fotos: Eliana Passarin
O Coordenador da 16ª CRE Enio Eliseu Ceccagno, acompanhado do Assessor Administrativo Edson Strigini, cumpriram agenda regional na última sexta-feira(21), percorrendo escolas que tiveram obras realizadas e novas demandas, além de visitar a imprensa regional. A primeira visita foi na Escola de Ensino Fundamental Dom Matheus  Pasquali em Veranópolis, encontrando  uma  boa organização da instituição com excelente área, laboratório de informática e acessibilidade realizada destacou o Coordeandor.
Modernos laboratórios com climatização
A diretora Dilva Cimonetto reivindicou a reforma nos banheiros  a qual já está  sendo encaminhada. O Coordenador aproveitou o momento para entrar em sala de aula, saudar os alunos e desejar um excelente ano letivo que se inicia.
Coordenador Enio Eliseu Ceccagno saudou alunos da Escola Dom Matheus Pasqualli
 
 

Coordenador visitou Museu na Casa da Cultura em Veranópolis onde faz homenagem ao padre que dá o nome a escola
Na sequência,  o Coordenador esteve visitando a Rádio Comunidade, Rádio Veranense e Jornal Estafeta, falando sobre as obras realizadas na região, o início do ano letivo e o planejamento para 2014.


Visita a Rádio Comunidade 96.1


Visita a Rádio Veranense
Visita ao Jornal Estafeta

A tarde da sexta-feira,  contou com a visita na Escola Professora Virgínia Bernardi, que teve recentemente a conclusão das obras de acessibilidade, novos banheiros e cercamento da quadra esportiva, a diretora Tatiane Reali aproveitou a visita da 16ª CRE para mostrar novas necessidades da escola destacando que a escola não teve nem  uma obra do estado há mais de duas décadas.
 


Coordenador acompanhou as obras na Escola Virgínia Bernardi
 
 
 

A agenda seguiu para o município de Cotiporã, na Escola Estadual Professor Jacintho Silva que teve obras de acessibilidade, novos banheiros e cercamento, o diretor Elói Tomazi, mostrou a estrutura da instituição, o laboratório de informática, a sala de projeções a recente pintura na instituição, destacando que a nova necessidade é nova estrutura elétrica em virtude do aumento dos equipamentos recebidos para as novas tecnologias.
 
Novos banheiros
Cercamento da Escola


Acessibilidade na Escola Professor Jacintho Silva


 
 

quinta-feira, 20 de março de 2014

Participação Popular e Cidadã: casa lotada na audiência pública regional

Texto e fotos: Eliana Passarin
Com o auditório da UCS-CARVI  lotado, aconteceu ontem á noite(19) a Audiência Pública Regional que deu início aos debates e construção da participação Popular e Cidadã para o Orçamento de 2015 do Estado do Rio Grande do Sul.
As atividades são organizadas em conjunto pelo Governo do Estado e Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes). A audiência teve uma breve prestação de contas dos investimentos feitos pelo governo do estado nas mais diferentes áreas, como nas escolas da 16ª CRE, Geni Pinto Cadore , Virginia Bernardi, Elisa Tramontina, Silvio Sanson, Jacinto Silva, Angelo Mônaco e Colbachini. O Coordenador da 16ª CRE, Enio Eliseu Ceccagno, apresentou uma moção de apoio ao projeto, que muda os critérios de indexação das dívidas dos estados   com a União com o objetivo de dar novo fôlego às finanças do Rio Grande do Sul. A Coordenadora Regional da SEPLAG, Ana Corso, destacou que foi a maior liberação de verbas na história da participação popular do Rio Grande do Sul superando 200 milhões de reais feitas pela atual gestão.

 
 
 
 
ÁREAS SELECIONADAS na Audiência
 
De 15 áreas existentes, dez foram selecionadas. São elas: Saúde (20%); Educação Básica, Profissional e Técnica (10%); Segurança Pública e Defesa Civil (15%); Desenvolvimento Rural (15%); Desenvolvimento Econômico (7,5%); Habitação, Desenvolvimento Urbano e Saneamento (7,5%); Educação Superior (5%); Esporte, Lazer e Turismo (10%), Meio Ambiente e Recursos Hídricos (5%); e Planejamento Local e Regional (5%).
 
Em abril as comunidades irão  escolher as demandas nas Assembleias Municipais onde  constará na cédula os itens Infraestrutura e Logística; Saúde; Desenvolvimento Econômico (setores primário, secundário e terciário); Educação Básica, Profissional e Técnica; e Meio Ambiente.
acesse o link
 

Governador Tarso Genro liberou R$219.000.000,00 para a Participação Popular e Cidadã (imagem SECOM)
 
 

Amanhã último dia para inscrições do PRONATEC

A 16ª CRE informa a comunidade, que amanhã, dia 21 encerram as inscrições para os cursos do PRONATEC Técnico 2014. As mesmas  devem ser feitas nas secretarias das escolas de ensino médio em cada município da região, como Bento Gonçalves, Garibaldi, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Boa Vista do Sul, Pinto bandeira, Santa Tereza e Monte Belo do Sul.
Os cursos ofertados  que serão em Bento Gonçalves  são:
Técnico em Informática-  Ministrado pelo IFRS- Acontecerá no Colégio Landell de Moura
Duração de  1 ano e 6 meses
Requisito básico 16 anos  (mínimo) e estar cursando 2º ano
Técnico em Mecânica- Ministrado pelo SENAI-CETEMO
Duração dois anos e 6 meses
Requisito básico 16 anos(mínimo) e estar cursando 2º ano
A 16ª CRE salienta que estes cursos com excelência de qualidade e totalmente gratuitos, financiados pelo governo federal, caso fossem pagos custariam em média de R$16.000,00, desta forma a oportunidade deve ser aproveitada pelos alunos e incentivada pelos pais, diz a Assessora do PRONATEC Neiva Morelo Michelin.
Além do valor do curso os alunos recebem vale-transporte  e vale alimentação.

quarta-feira, 19 de março de 2014

Governo do estado com novo site

O Governo do Estado está com um novo site, com uma plataforma mais acessível e direta para os cidadãos. O portal (http://www.portal.rs.gov.br), traz mais destaque ao conteúdo multimídia, programas do governo e serviços ao cidadão. Desenvolvido ao longo de seis meses pela Secretaria de Comunicação, responsável pelo conteúdo, em parceria com a Procergs, o site será a porta de entrada para as diversas áreas do Governo.
 

terça-feira, 18 de março de 2014

Protagonismo juvenil

Abertas as inscrições para o Parlamento Jovem Brasileiro

As inscrições para a 11ª edição do programa Parlamento Jovem Brasileiro, começam nesta segunda-feira (17). O programa simula uma jornada parlamentar, em que os estudantes participam de debates e votações como se fossem deputados. Podem participar jovens de 16 a 22 anos, matriculados no 2º e 3º anos do Ensino Médio e da Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio. As inscrições estarão abertas até 23 de maio.
Os interessados devem entregar a ficha de inscrição na sua escola, junto auma proposta de projeto de lei, a cópia da identidade, a declaração de matrícula no ensino médio ou técnico. Em caso de menor de idade, o termo de autorização dos pais ou responsáveis. Esses documentos serão encaminhados para a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), que fará a seleção dos projetos que representarão o Rio Grande do Sul na etapa nacional. O Estado tem direito a cinco Deputados Jovens, de um total de 78.
Os interessados podem obter mais informações e orientações sobre a elaboração dos projetos no site da Câmara dos Deputados: http://www2.camara.leg.br/responsabilidade-social/parlamentojovem ou na fanpage do programa http://www.facebook.com/parlamento.jovembrasileiro.
 
Com informações da Assessoria de Imprensa da Câmara dos Deputados

PARTICIPAÇÃO POPULAR E CIDADÃ

 



segunda-feira, 17 de março de 2014

Mês das mulheres REDE LILÁS :promover a igualdade faz a diferença

Acesse o link e assista o vídeo.
http://www.youtube.com/watch?v=EuP3j7V0QKs

0800 5410803

Seduc orienta pais a levarem filhos às escolas

NOTA DA SEDUC

Em Assembleia realizada na tarde de sexta-feira (14) os professores decidiram aderir à paralisação nacional marcada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) em âmbito nacional nos dias 17,18 e 19 de março. De acordo com a secretária adjunta da Educação, Maria Eulalia Nascimento, a divisão ocorrida na votação da assembleia do CPERS/Sindicato e a quantidade de participantes na mesma podem indicar que a adesão à paralisação não será expressiva. A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) está orientando pais e responsáveis a levarem seus filhos às escolas.
 
Orientações da Seduc às equipes diretivas:
- manter escolas abertas;
- garantir o acesso de alunos e professores que queiram trabalhar;
- a efetividade deve retratar a realidade da escola;
-em caso de paralisação, os dias e as horas letivas deverão ser recuperadas, mediante reorganização dos calendários escolares.

quinta-feira, 13 de março de 2014

Visconde de Bom Retiro utilizando Webquest e QR Code nas aulas de Filosofia e Ciências Humanas.


Código QR (sigla do inglês Quick Response) é um código de barras bidimensional que pode ser facilmente escanerizado usando a maioria dos telefones celulares equipados com câmera. Esse código é convertido em texto (interativo), um endereço URI, um número de telefone, uma localização georreferenciada, um e-mail, um contato ou um SMS.
Os professores Alexandre Misturini, Marilete Sartori e Rogério A. Rosa da disciplina de Filosofia da Área de Ciências Humanas, do Colégio Visconde de Bom Retiro, estão desenvolvendo um trabalho diferenciado em suas práticas pedagógicas. Os trabalhos que serão desenvolvidos neste 1º trimestre estão disponíveis em um blog na internet, proporcionando assim uma nova metodologia de ensino, onde o aluno passa a ter um novo papel no processo de ensino-aprendizagem, que é de um pesquisador autônomo e também de autor de textos onde fará reflexão sobre os temas propostos para a pesquisa. "O papel do professor também sofre alterações, pois passar a ser um orientador, estimulador, e um facilitador da aprendizagem de seus alunos, utilizando as TICs (Tecnologias da Informação e Comunicação) como ferramentas para tornar a aprendizagem mais dinâmica e atualizada com os novos paradigmas do século XXI", destacam. A metodologia escolhida foi Webquest, que é uma pesquisa guiada via internet, que foi postada em um blog e divulgada no mural das Ciências Humanas na escola com os links e os QRCodes das mesmas.
Professores utilizando o que há  de mais moderno em tecnologia
 

 
Acesse o link

Iniciam vacinas do HPV

 
As imunizações contra o HPV já iniciaram nas escolas da 16ª CRE, nesta semana o Instituto Cecília Meireles a Escola Mestre Santa Bárbara e Anselmo Luggi Picolli foram atendidas pels equipes da Secetaria da Saúde. Cerca de 700 meninas receberão a vacina nas escolas estaduais de Bento Gonçalves.
A presidenta Dilma Rousseff,durante o lançamento da campanha, destacou o slogan da c "Cada menina é de um jeito, mas todas as meninas precisam de proteção", e reafirmou que é obrigação do Estado garantir proteção a todas. "Vocês vão ter papel protagonista nesse País, porque nós, mulheres, temos mudado progressivamente a situação das mulheres,”disse.
O ministro Arhtur Chioro destacou a importância da inclusão da vacina no calendário de vacinação de meninas de 11 a 13 anos. “Só nas aldeias indígenas começaremos já com as meninas de 9. Em 2015, vamos vacinar as meninas 9, 10 e 11 anos. Quem se vacinar neste ano precisa tomar a segunda dose daqui a seis meses e tomar reforço daqui a 5 anos”, disse.

 
A vacina, que na rede particular custa R$ 500 reais, e que deve ser tomada em três doses, acarretaria um custo muito alto para a família brasileira no valor de R$ 1500. "A vacina HPV é segura e tem reconhecimento da Organização Mundial da Saúde, e faz parte da política de atenção integral à saúde da mulher", afirmou o ministro.


Meninas do Instituto Cecília Meireles foram vacinadas ontem(12)