quarta-feira, 29 de maio de 2013

Província de São Pedro
Ceibal: Escolas gaúchas podem concorrer a vagas na exposição uruguaia
 
A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) vai selecionar trabalhos de 13 Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) que escolas com o programa “Um Computador por Aluno e Professor” (1:1) para participar do ExpoAprendeCeibal2013, no Uruguai. Cada CRE poderá inscrever uma experiência, que será relatada no evento tecnológico e pedagógico uruguaio (os critérios estão disponíveis no link http://expoaprende.ceibal.edu.uy).

De acordo com a coordenadora do Programa Província de São Pedro na Seduc, Malu Pinto, o prazo final para inscrição dos trabalhos é 30 de junho. Ela explica que experiências devem ser relatadas em editor de texto word e enviadas para a secretaria, conforme orientações expedidas pelo Departamento Pedagógico às escolas que trabalham o projeto
Os seis trabalhos selecionados pela Seduc serão encaminhados para a organização do evento do país vizinho, concorrendo a uma das 20 vagas abertas para o âmbito internacional do encontro (100 vagas no total, sendo 80 para projetos uruguaios).
Fonte:SEDUC

Segue entrega e formação dos Tablets


Hoje(29) a 16ª CRE através do NTE-estará em Nova Bassano entregando mais Tablets Educacionais aos Professores do Ensino Médio.
As seguintes Instituições estarão sendo contempladas:
Colégio Estadual Anegl Mônaco-Fagundes Varela
Escola de Ensino Médio Amantino Vieira Hoffmann-André da Rocha
Escola de Ensino Médio Pe.Antônio Serraglio-Protásio Alves
Colégio Dosolina Boff-Vila Flores
Escola de Ensino Médio 11 de Agosto-Nova Prata
Colégio Monsenhor Peres-Vista Alegre do Prata

Carava do Ensino Politécnico


 A Coordenadora Adjunta da 16ª CRE Ivete Maria Marson acompanhada pelas Assessoras Pedagógicas Verônica  Borges dos Santos  e Eva da Silva Morel estiveram cumprindo a Agenda da Caravana do Ensino Politécnico nas Escolas José Pansera em Pinto Bandeira,Pedro Migliorini em Monte Belo do Sul e Padre Vicente Rodrigues em Santa Tereza.Além das reuniões de trabalho com os professores e direção a 16ª CRE pode conhecer as atividades que estão sendo desenlvolvidas pelos alunos do Ensino Politéncio.

Reunião na Escola Pedro Migliorini em Monte Belo do Sul
Reunião na Escola Pe.Vicente Rodrigues em Santa Tereza
Professoras da Escola José Pansera mostrando os Trabahos do Politécnco
 
Trabalhos da Escola de Monte Belo do Sul


terça-feira, 28 de maio de 2013

Fique Atento:

PROVAS DOS EXAMES FRACIONADOS

INSCRIÇÕES NOS DIAS 10 E 11 DE JUNHO

Para quem prestará as provas dos Exames Fracionados para o ensino fundamental e médio as inscrições estarão abertas em Bento Gonçalves nos dia 11 e 12 de junho no NEJA-METAMORFOSE  junto ao CIEP do Bairro Cohab. As provas servem paracertificação do ensino fundamental e médio ou para aproveitamento de estudo exceto para o ensino médio politécnico e  serão realizadas no turno da manhã e noite nos dias 29,30,31 de julho e 1º de agosto.Requisito mínimo idade de 15 anos para Ensino Fundamental e 18 anos para Ensino Médio.

Maiores informações pelo fone: 3454 9187

Direitos humanos

Jornada sobre ensino da história do Holocausto

recebe inscrições

As inscrições para a IV Jornada Interdisciplinar para o Ensino da História do Holocausto estão abertas e podem ser feitas no site www.jornadasobreholocausto.com.br. A inscrição é gratuita e os participantes receberão certificado. O evento acontece no dia 8 de junho, das 9h15 às 17h15, no Clube Hebraica, em Porto Alegre. A iniciativa é voltada para professores dos últimos anos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.
Estarão em debate no evento temas como a violação dos direitos humanos durante o Holocausto, o direito de resistir e de protestar, a inclusão das pessoas com deficiência e o relato de experiências de trabalhos em sala de aula sobre o Holocausto. Também serão exibidos trechos de filmes e dramatizações sobre o assunto. Ao final do encontro será lançado o Concurso de Redação 2013 para estudantes, com o tema: “O direito de ser diferente”.
A Jornada é uma realização da B’nai B’rith do Rio Grande do Sul, Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Secretaria Municipal de Educação (Smed), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Instituto Cultural Judaico Marc Chagall, com apoio da Federação Israelita do Rio Grande do Sul e Associação Israelita Hebraica-RS.
Fonte: SEDUC

Inaugurada Escola Família

Agrícola da Serra-EFASERRA

Com as dependências do auditório da FISUL –Garibaldi lotados foi inaugurada ontem(27) a Escola Agrícola da Serra que teve seu processo de autorização e credenciamento instruído pela 16ª CRE e encaminhado ao Conselho Estadual de Educação. A solenidade de inauguração que  contou com  a presença de alunos e Coordenadores da Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul a qual serviu como espelho para a organização da EFASERRA e de autoridades políticas e da sociedade civil de toda serra, entre elas prefeitos, secretários de educação e agricultura, vereadores, presidentes de sindicatos, Bancos Públicos e de Fomento, iniciou com a apresentação de um vídeo mostrando todo o caminho percorrido pela Associação Família Agrícola da Serra para a implantação da Escola que irá incialmente atender 16 alunos de vários municípios.

Texto e imagens: Eliana Passarin
Casa Lotada na Inauguração da EFASERRA
 

Pedagogia da Alternância


A Escola que obedece aos princípios metodológicos da Pedagogia da  alternância iniciará suas atividades através de um convênio solidário com a FISUL para utilizar a estrutura onde serão ministradas as aulas e o alojamento através de uma parceria com o Colégio Estadual Santo Antônio o qual teve toda a estrutura remodelada através de um mutirão de pais e alunos de Garibaldi, Bento Gonçalves,  Boa Vista do Sul, Coronel Pilar, Farroupilha, Ipe e Barão.

Depoimentos

A alegria estava estampada no rosto dos dirigentes da Associação pela conquista que levou em torno de 2 anos para ser efetivada ,após dezenas de reuniões nas comunidades do interior para levar a missão da escola que é de proporcionar aos jovens filhos de agricultores da Serra gaúcha uma educação de qualidade, e um efetivo acesso ás conquistas científicas e tecnológicas da sociedade, bem como a compreensão global do processo produtivo, disse o presidente da AEFA Jorge Mariani.” O objetivo é formar agricultores e agricultoras técnicos e técnicas e não técnicas e técnicos em agricultores”, enfatizou Mariani.Para o Padre Remi Gotardo um dos colaboradores da Escola “não só apoiamos este gesto mas acreditamos nesta alternativa que ajuda a ressurgir a agricultura familiar”.
Jorge Mariani Presidente da AEFASerra
O Coordenador da Escola Família Agrícola de Santa Cruz do Sul, João Paulo Reis Costa disse que “acredito que este tipo de escola seja a única possiblidade para alterar o quadro do êxodo rural”,muitas propriedades estão fechando e a  pedagogia da alternância faz com que a evasão escolar seja muito menor que a escola convencional. Mas é preciso mais do que isso diz o coordenador referindo-se as estradas de boa qualidade, internet para o interior, lazer,infra-estrutura e “perpassa pelo olhar do poder público,pois ainda é uma população invisibilizada”.
João Paulo Reis Costa Coordenador
 EFA Santa Cruz do Sul
O aluno de 16 anos Claiton Arend que já está no 2ªano diz que está forma de alternar uma semana na escola e uma semana em casa com a família é mais produtivo e podemos colocar nosso conhecimento em prática na propriedade, ”portanto é mais efetivo”.

Claiton Arend
Para Gilmar Cantelli que é pai de aluno, a EFA é a evolução do homem do campo, é a saída que os agricultores tem de solucionar seus problemas, ”só eles vão resolver mais ninguém”.”Os jovens agricultores precisam se posicionar saber seus direitos, é mais que uma escola pois tem compromisso  com a ética além do profissional”, afirmou Cantelli.

Gilmar Cantelli, pai de aluno
Para a Coordenadora da EFASERRA Ivone Mânica este “é um espaço para resgatar a cidadania e fazer com que os jovens tenham vontade e alegria em continuar nas propriedades de seus pais” disse em seu discurso emocionada
Ivone Mânica
Para o Presidente da AGEFA-Associação Gaúcha de Escolas Agrícolas, Elton Hein a presença dos pais neste processo é fundamental para que a missão da EFA tenha êxito, salientou em seu discurso as parcerias estabelecidas com órgãos do governo e da inciativa privada para que o sonho se concretizasse.
Elton Hein
O Coordenador da 16 CRE Enio Eliseu Ceccagno elogiou o presidente da AEFA e sua equipe pelo esforço empenhado para a concretização da Escola, lembrando de sua origem como Técnico Agrícola e o período de internato o que contribui muito para sua formação como pessoa, referindo-se a aos alunos que estrão convivendo em família junto ao Colégio Santo Antônio “para nós é uma alegria vendo uma escola sendo aberta”, lembrando das mais de 100 escolas rurais que foram desativas nos último anos por falta de contingente. O coordenador ainda fez uma breve análise histórico conjuntural sobre a a agricultura familiar no Brasil e diz que ações como esta que buscam uma melhor qualidade de vida para os agricultores e agricultoras é uma da alternativas além de um olhar mais atento dos gestores públicos.
O Coordenador da 16 CRE Enio Eliseu Ceccagno
A Diretora da FISUL Marlene Nichel  destacou em seu pronunciamento agradecendo por poder fazer parte deste projeto, “é uma obrigação como civilização apoiar ações como esta”. “Os dirigentes da AEFA esqueceram que era uma tarefa difícil e foram em busca de parcerias e assim concretizaram um sonho”, destacou a diretora.
Marlene Nichel 
Para o Prefeito de Garibaldi Antônio Cettolin que também tem formação na área Agrícola a Escola terá êxito pois o diferencial é exatamente o acompanhamento das famílias no processo educativo, ”se não sair um técnico, sairá um cidadão”, afirmou Cettolin
Prefeito de Garibaldi Antônio Cettolin
Padre Julio Giordani apoiador do Projeto
 
Novos alunos e autoridades
 

Alunas Camila Brambilla e Morgana S Mattei mostrando o alojamento
Assessores Pedagógicos da 16ª CRE  Ivanês Zappaz e Rosane Aparecida Borge Machado responsáveis pelo Processo com o presidente da AEFASerra
Após os pronunciamentos o Coordenador da 16ª CRE Enio Eliseu Ceccagno fez a entrega do parecer332/2013 do Conselho Estadual de Educação autorizando e credenciando o funcionamento da EFASERRA.

 
Ao término da solenidade todos seguiram em carreata até o Colégio Santo Antônio onde foi inaugurado o alojamento dos alunos seguido de uma confraternização com produtos da agricultura familiar produzido pelas famílias.


 
Farta mesa com produtos da Agricultura familiar fizeram parte da confraternização
 
Saiba Mais:

Para ingressar na Escola Família Agrícola:

-Ter no mínimo concluído o ensino fundamental

-ser filho de agricultores

-residir no meio rural

Curso é de nível médio concomitante com Educação Profissional Técnica de Nível Médio Técnico em Agropecuária

Tempo 3 anos mais 300 horas de estágio

Pronatec Campo-Governo Federal

Maiores informações: (54)99433576

aefaserra@gmail.com
 

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Caravana do Ensino  Politécnico


Seguindo a agenda da Caravana do Ensino Médio Politécnico a equipe da 16ª CRE acompanhada pelo Coordenador Enio Eliseu Cecagno esteve visitando mais ecolas da região debatendo o tema com professores e alunos.As escolas visitadas foram de Nova Araça,Dois Lajeados e São valentim do Sul.
Nesta semana a agenda segue em Pinto Bandeira,Carlos Barbosa e Garibaldi.

Escola Estadual Silvio Sanson

Colégio Estadual Vicente de Carvalho
Escola Estadual Luiz Isaias Zuchetti

Ensino Médio Politécnico

Seduc promove Seminário Internacional de Educação


 
Criar um espaço de reflexão e diálogo entre diferentes atores sociais e institucionais para ocorrer intercâmbio de políticas e questões práticas ligadas ao paradigma das mudanças educacionais, a partir da restruturação curricular do ensino médio implantada na rede estadual do Rio Grande do Sul, para desenvolver significados e materialidade. Este é o objetivo do Seminário Internacional “Travessias de concepções e sentidos do Ensino Médio” promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) em parceria com a Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS/ Faced). Para o secretário de Estado da Educação, prof. Dr. Jose Clovis de Azevedo, a realização do Seminário representa uma retomada de um espaço de debate da Educação com a participação de pesquisadores internacionais. “O Rio Grande do Sul já ocupou um grande espaço no cenário internacional nos anos 90, puxado pela prefeitura de Porto Alegre, e agora estamos reconduzindo o Estado para o conhecimento de ponta em nível internacional”, disse.
Nos dias 18 e 19 de julho, aproximadamente 1.500 educadores poderão participar de palestras e videoconferências com expoentes da pesquisa acadêmica na área da Educação. O Seminário, que acontecerá no Salão de Atos da UFRGS, será transmitido via Procergs para as 30 Coordenadorias Regionais de Educação (CREs), que disponibilizarão salas para 150 pessoas. Entre os convidados confirmados estão: Michael Apple (EUA), Ana Benavente (Portugal), Mônica Ribeiro (Brasil), Acácia Kuenzer (Brasil), entre outros. As inscrições serão realizadas através do site da Seduc com data a ser definida.

O evento é dirigido aos educadores da Educação Básica e Ensino Superior, aos estudantes dos cursos de licenciatura das Instituições de Ensino Superior e do Ensino Médio da rede Estadual do Rio Grande do Sul. Os temas discutidos no Seminário serão: “Ecologia dos saberes: Práticas de conhecimentos que possibilitam ou impedem intervenções no mundo real”; “Avaliação: Rupturas, perspectivas e impactos da mudança no trabalho docente”; “Reestruturação do Ensino e processo social: Estratégias políticas, trabalho pedagógico e mudanças educacionais”; “Dilemas e sentidos atuais da prática docente e do trabalho pedagógico”.

Fonte:SEDUC

PRONATEC COPA DO MUNDO

VAGAS DISPONÍVEIS


Cursos FIC de Garçom e Libras Básico a ser ofertado pelo IFRS-BG via Pronatec.

20 vagas disponíveis no Curso de Garçom/Garçonete e 07 vagas para o Curso de Libras Básico.
Aberto a toda comunidade
Os interessados devem fazer a pré-matrícula no seguinte endereço:

Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes da Região Uva e Vinho - SHBR.

Rua Herny Hugo Dreher, 227 / sala 15. Bairro São Bento - Bento Gonçalves (RS) Hotel Dall'Onder (
sindiregiao@sindiregiao.com.br).
Para mais informações, entrar em contato pelo telefone (54) 3453.8000.

A partir do dia 27/05 também estará disponível um cadastro on-line no seguinte link: http://pronatec.mec.gov.br/inscricao

Agenda:


Acontece hoje(27) a inauguração da Escola Agrícola de Garibaldi ás 16hs30min com aula inaugural junto a FISUL e na sequência ás 17h 30mim será apresentada a estrutura da Escola Estadual Santo Antônio local onde os alunos estarão albergados.

sexta-feira, 24 de maio de 2013

 

Festival Minuteen 

Nesse ano o Festival do Minuto abriu mais uma edição do Minuto Escola, concurso específico para alunos e professores dos Ensinos Fundamental e Médio. Os prêmios são de R$ 1.000 para os melhores videos. A diferença dessa edição de 2013 para as anteriores é que agora  são aceitas inscrições de alunos e professores de escolas públicas e particulares de todo o mundo. Divididos em 3 categorias  alunos do Ensino Fundamental, alunos do Ensino Médio e Professores , os interessados devem produzir um vídeo de um minuto com temática livre.
INSCRIÇÕES

As inscrições estão abertas e podem ser feitas até 30 de agosto gratuitamente.
Os alunos do Ensino Médio e professores devem se inscrever pelo site www.festivaldominuto.com.br; e alunos do Ensino Fundamental pelo www.minuteen.com.br

PRÊMIOS
1 prêmio de R$ 1.000 para a categoria Alunos do Ensino Fundamental (Minuteen)
1 prêmio de R$ 1.000 para a categoria Alunos do Ensino Médio
1 prêmio de R$ 1.000 para a categoria Professores

ESCOLA DO MINUTO
Para ajudar, um portal na internet  tem  dicas e aulas online sobre a produção de vídeos e linguagem audiovisual, o Escola do Minuto  www.escoladominuto.com.br.

Sobre o Festival do Minuto
O Festival do Minuto é um evento que nasceu no Brasil em 1991 e que propõe a produção de vídeos de até um minuto de duração. Em 2007 tornou-se permanente e online, recebendo os vídeos pela internet. Periodicamente são lançados concursos com temas específicos e os melhores trabalhos são premiados
Veja aqui informações sobre os JERGS 2013

 
Na manhã de hoje a 16ª CRE sediou a reunião com professores de educação física de Bento Gonçalves, da rede estadual e federal, onde foi abordado a edição 2013 dos Jogos Escolares do Rio Grande do Sul - JERGS.
Na ocasião foi apresentado pelo porfessor Ivanês Zappaz as datas da Etapa Regional dos JERGS, que envolve os 25 municípios que compões a região da 16ª CRE, além da definição da Etapa Municipal de Bento Gonçalves, tendo em vista que o município não realizará a mesma neste ano. Assim, por sugestão dos professores presentes, ficou acertado que até a próxima terça-feira, dia 28, as escolas interessadas deverão fazer suas inscrições para que a CRE tenha um mapeamento da participação e, posteriormente defina junto aos professores, a forma de realização de uma Etapa classificatória das escolas de Bento, para a Etapa Regional.
Os JERGS são realizados pelo   Governo do Estado, através da Secretaria de Educação e das Coordenadorias Regionais de Educação.
 

Confira o calendário:



Direitos humanos

Inscrições abertas para Jornada sobre

o ensino da história do Holocausto

As inscrições para a IV Jornada Interdisciplinar para o Ensino da História do Holocausto estão abertas e podem ser feitas no site www.jornadasobreholocausto.com.br. A inscrição é gratuita e os participantes receberão certificado. O evento acontece no dia 8 de junho, das 9h15 às 17h15, no Clube Hebraica, em Porto Alegre. A iniciativa é voltada para professores dos últimos anos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.
Estarão em debate no evento temas como a violação dos direitos humanos durante o Holocausto, o direito de resistir e de protestar, a inclusão das pessoas com deficiência e o relato de experiências de trabalhos em sala de aula sobre o Holocausto. Também serão exibidos trechos de filmes e dramatizações sobre o assunto. Ao final do encontro será lançado o Concurso de Redação 2013 para estudantes, com o tema: “O direito de ser diferente”.
A Jornada é uma realização da B’nai B’rith do Rio Grande do Sul, Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Secretaria Municipal de Educação (Smed), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Instituto Cultural Judaico Marc Chagall, com apoio da Federação Israelita do Rio Grande do Sul e Associação Israelita Hebraica-RS


Fonte:SEDUC

quinta-feira, 23 de maio de 2013

 

Confira oportunidades para estudar e se aperfeiçoar

clique aqui
http://www.cienciasemfronteiras.gov.br

FIQUE ATENTO AO ENEM 2013

Confira edital

clique aqui

Escolas estaduais receberão livros sobre história do RS

As 2.574 escolas de ensino fundamental e médio da rede estadual receberão um kit com 15 livros que retratam a cultura e a história do Rio Grande do Sul. O projeto Biblioteca do Rio Grande é pioneiro na rede estadual e foi lançado pelo secretário de Estado da Educação, Prof. Jose Clovis de Azevedo, no início do mês, durante a terceira edição do Seminário O Direito à Leitura, promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc). Na ocasião, o primeiro kit foi entregue, simbolicamente, à Escola Estadual de Ensino Médio Elpídio Ferreira Paes. O investimento nos livros é de R$ 1,2 milhão. Esta é a primeira etapa do projeto. A expectativa é de que os livros comecem a ser entregues às escolas ainda neste semestre. A entrega das obras se estenderá ao longo do ano e no decorrer de 2014.

O Projeto Biblioteca do Rio Grande é uma iniciativa da Secretaria Estadual da Educação através do Departamento Pedagógico/Coordenação de Gestão de Aprendizagem/Equipe de Apoio à Leitura, Livro e Literatura criada para suprir a carência das bibliotecas escolares sobre o assunto Cultura e História do Rio Grande do Sul. A rede não contava com esta temática nas bibliotecas escolares.

Com a iniciativa, a Seduc pretende qualificar e atualizar o acervo bibliográfico de escolas da rede pública estadual e estimular o estudo da cultura e história do Rio Grande do Sul, oferecendo a professores, material pedagógico para uso em sala de aula e, aos alunos, a oportunidade de refletir sobre a importância da cultura e história gaúchos a construção da sua identidade.

De acordo com a assessora responsável pela Equipe de Apoio à Leitura, Livro e Literatura da Seduc, Maria do Carmo Mizetti, os critérios para seleção das obras (acesse abaixo a tabela com os títulos e autores selecionados) foram atualidade e qualidade da obra, importância da publicação para o currículo escolar, autoridade do autor, editor e ilustrador, qualidade visual e auditiva de materiais especiais, avaliação dos professores, historiadores e pesquisadores com conhecimento para julgar o teor das obras, área de abrangência da obra.
 
Fonte SEDUC 

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Divulgado gabarito do concurso do magistério estadual

A Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos e a Secretaria de Estado da Educação divulgam o gabarito das provas objetivas para o concurso do magistério, realizadas no último dia 19/05, e abre prazo para pedido de revisão dos gabaritos.
Os candidatos interessados em pedir a revisão devem encaminhar o requerimento, em duas vias, conforme modelo disponível que consta no Anexo 1 do Edital Nº 8/2013, entre os dias 23 e 27 de maio. O documento deve ser entregue na sede da FDRH, das 9h às 11h30 ou das 14h às 17h, em dias úteis. Também pode ser enviado exclusivamente por Sedex para Av. Praia de Belas, 1595. Bairro Menino Deus- Porto Alegre/RS -CEP. 90.110-001.
No envelope deve constar: “Divisão de Concursos Públicos da FDRH - Concurso Público da SEDUC – 2013”. Informações detalhadas estão disponíveis no edital. 
O gabarito está disponível no Link à esquerda deste site - Concurso do Magistério – Gabarito.
Os gabaritos também estão à disposição dos interessados:na Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos – FDRH – Av. Praia de Belas n.º 1595 – Porto Alegre, RS; na Secretaria de Estado da Educação – SEDUC - Av. Borges de Medeiros, nº 1501. Plataforma. Porto Alegre – RS.

nos sites: www.fdrh.rs.gov.br e www.educacao.rs.gov.br

INFORMAÇÕES ENEM - 2013

www.inep.gov.br

Portal/ Educação Básica / ENEM

Contato Brasília – INEP - DF

aline.santos@inep.gov.br

Fone: (61) 2022 3320 / 3350

Contato Porto Alegre – SE -  RS

Suzana (DEPAI)

(54) 2388 4861

Referência – Número da escola que frequentou ano anterior (2012)

As inscrições para o ENEM podem ser feitas junto a 16ª CRE com o SECOE.

terça-feira, 21 de maio de 2013

Inscrições ao Prêmio Gestão Escolar encerram-se dia 31

As inscrições ao Prêmio Gestão Escolar edição 2013 podem ser feitas até o dia 31 de maio. O prêmio é promovido pelo Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed) em parceria com instituições governamentais e da sociedade civil, sendo um reconhecimento a projetos inovadores na educação básica pública e incentiva a avaliação participativa da gestão das instituições.
A partir da avaliação cada escola deve elaborar um plano de ação. As escolas estaduais interessadas em concorrer à premiação devem ser inscritas pelo site www.premiogestaoescolar.com.br.
Em todas as etapas do concurso, são analisadas cinco dimensões: gestão pedagógica, gestão participativa, gestão de serviços e recursos. Os gestores são convidados a envolver a comunidade na avaliação da realidade escolar.
Cada unidade da federação seleciona seu destaque estadual/distrital. Posteriormente, uma comissão formada por representantes dos parceiros do prêmio escolhe seis finalistas nacionais, que concorrem ao título Referência Brasil. A escola classificada como Referência Brasil recebe diploma e premio no valor de R$ 30 mil reais. As seis escolas escolhidas como Destaque Nacional recebem diploma e prêmio no valor de R$ 10 mil reais cada.
 

Cadastro de Profissional em sala de Aula

prazo encerra dia 29


A 16ª CRE informa todas as escolas que o Cadastro  de Profissional Escolar em Sala de Aula  que será utilizado para o levantamento do Censo da Educação Básica 2013, que  as fichas devem ser preenchidas e assinadas por todos os professores que estarão em sala de aula na data base do Censo na Escola, 29 de maio de 2013. Estes dados servirão de base para a escola atualizar os dados no Educasenso.

Escola Conceição recebe Projeto

Família e Educação "Valores para a Vida"

Texto e Imagens: Eliana Passarin
16ª CRE
 
Ontem foi a vez da Escola Estadual Imaculada Conceição receber a Palestra Show Resgatando Valores do Sociólogo e Músico Giovanni Mattiello. A palestra faz parte do Projeto Família e Educação "Valores para a Vida" direcionadas aos pais e alunos e têm como objetivo conscientizar sobre a importância da família na formação dos alunos e no cotidiano escolar, além de incentivar os jovens a pensarem criticamente.
O projeto é uma promoção do Juizado da Infância e Juventude de Bento Gonçalves (RS), em parceria com a Associação Educare  e está sendo desenvolvido, em escolas públicas estaduais de Bento Gonçalves,Pinto Bandeira e Santa Tereza. O projeto foi criado pelo Juiz de Direito Titular da 2ª Vara Criminal e do Juizado da Infância e Juventude de Bento Gonçalves, Rudolf Carlos Reitz.A 16ª CRE se fez presente através da professora e assessora Jurídica Elda Falcade membro da Educare que avaliou o encontro como produtivo e com muita participação por parte dos presentes.

Para a Presdiente da EDUCARE Renata Cimadon "a realização do projeto Família e Educação: Valores para a Vida", é uma proposta de fazer com que alunos, pais, escola e comunidade possam se unir a fim de pensar e repensar novas possibilidades para a vida em sociedade através de valores que nos tornam essencialmente mais humanos".
"É muito bom poder oportunizar o projeto a toda comunidade escolar. Os retornos estão sendo maravilhosos e isso nos motiva a pensar novas possibilidades de auxiliar as escolas" enfatizou a Presidente da entidade.

A Diretora da Escola Rose Mary Moreira  afirmou que a participação dos alunos,pais e professoes foi efetiva e além de participarem da palestra estão trabalhando o tema junto ao Seminário Integrado do Ensino Médio Politécnico.
 
 
Diretora da Rose Mary Moreira
 
O palestrante que mescla falas com músicas afirma que o trabalho é uma forma de aproximar a Escola das famílias, refletir sobre a sociedade de consumo e a verdadeira felicidade,evidenciando os valores humanos  entre eles a espiritualidade.
Palestra Show com Giovanni Matiello faz parte do Projeto
 
 
Para o aluno do 3º ano Iuri Costa de 16 anos " a palestra foi muito interessante,refleti muito, o afeto, as amizades, são valores que devemos respeitar e valorizar".
Aluno Iuri Costa
 
Adriana Azambuja que é mãe de aluno e também fequenta o EJA "a palestra foi maravilhosa pois amplia os horizontes e os jovens estão precisando muito disso.A aluna destaca que a escola tem sim o papel de ensinar mas educar é papel da família, esta deve ser o alicerce."A palestra me motivou mais ainda buscar meus sonhos, quero ser ourgulho para meus filhos, fui empregada doméstica e meu próximo passo será ser pedagoga".
Mãe e aluna Adriana Azambuja
 
Para as professoras Neusa Maria Ferrari e Fátima Maria Bianchi o Projeto é uma forma diferente de passar os conteúdos,"eles sairam daqui sensiblizados,recepticvos e mais felizes.
Professoras Neusa e Fátima
 
De acordo com o Juiz de Direito Rudolf Carlos Reitz  do Juizado da Infância e Juventude de Bento Gonçalves o Projeto tem por objetivo ressaltar a importância da educação como valor individual e social, e resgatar valores humanos, e visa também atrair os pais para acompanharem a vida escolar dos filhos e estarem mais presentes na escola, visando uma maior integração entre escola, família e comunidade.
Além disso destaca o Juíz,  "o Projeto está inserido em um plano de ação mais abrangente, que é de apoiar e fortalecer as escolas públicas, a fim de que elas sejam destinatárias de ações positivas, envolvendo a comunidade em geral e autoridades, para proporcionar melhores condições de aprendizado aos alunos e também de atuação dos professores".
"Como Juiz da Infância e Juventude, tenho muito claro que o Poder Judiciário deve se envolver com a educação, agindo em parceria com autoridades e com a comunidade, podendo assim dar sua contribuição para a melhoria do ambiente escolar, visando assegurar o direito à educação de qualidade",afirmou o Magistrado.



Juiz de Direito Rudolf Carlos Reitz

 
As próximas escolas a receberam a palestra são:
27 Maio-José Pansera
03 Junho-Landell de Moura
10 de junho-Luiz Fornazier
10,11,18 Junho-Mestre Santa Bárbara
24 de Junho-Maria Goretti
1º de Julho-Nossa Senhora da Salete
02 de Julho-Pedro Rosa
8 de Julho-Padre Vicente Rodrigues
 
 
 








 
 


segunda-feira, 20 de maio de 2013

Case no Politécnico:

Família"na boa"


Em visita ao Instituto Estadual Cecília Meireles a 16ª CRE conheceu a experiência do Seminário Integrado que está sendo desenvolvido com os 1º e 2º anos do Ensino Médio Politécnico relatada pela diretora Izaura Salete Zanella Pasqualli. Denominado Família "na Boa" o projeto aborda questões conflitantes do cotidiano das famílias e traz para a escola em forma de palestras,debates e atividades desenvolvidas pelos alunos,"como gravidez na adolescência,obesidade e drogas", disse a diretora.
 
Diretora Izaura Salete Z.Pasqualli acompanhada de alunos do Politécnico
 

Cinema e direitos humanos:

Parceria entre 16ª CRE e IFERS iniciou hoje

no Instituto Cecília Meireles                          Texto e imagens:Eliana Passarin


Através de um Convênio com o IFRS Campus Bento Gonçalves a 16ª CRE esteve presente na primeira sessão de Cinema e debate junto ao Instituto de Educação Cecília Meireles com a exibição do Curta "Vista Minha Pele".
O documentário "Vista a Minha Pele" é uma paródia da realidade brasileira que discute racismo e preconceito. Nesta história, os negros são a classe dominante e os brancos foram escravizados. Os países pobres são Alemanha e Inglaterra. Os países ricos são da África. Maria é uma menina branca, pobre, que estuda em um colégio particular graças a uma bolsa de estudo, já que a mãe é faxineira na escola. A maioria de seus colegas a hostilizam, com exceção de sua amiga, que é filha de um diplomata, que morou em países pobres e tem outra visão da sociedade. Com todas as adversidades, Maria quer ser "Miss Festa Junina" da escola. Conta com a ajuda da amiga Luana e as duas vão se envolver em uma série de aventuras para alcançar seus objetivos.
Após a apresentação do filme os alunos participaram de discussões em pequenos grupos e após os relatos foram levados a uma plenária. O trabalho  chamado Cine-Clube Refléter que está sendo desenvolvido pelo professor Giovani Comerlatto do IFRS e acompanhado pelos alunos,Matheus,Derli,Sara e Samanta tem como objetivo refletir sobre os problemas da sociedade.
 
Coodenadora Adjunta da 16ªCRE Ivete Maria Marson e a Assessora Pedagógica Rita O Gasparetto acompanharam a 1ª Sessão do Cine-Clube
 
Depoimentos:
 
Para a aluna do 1º Ano Karine de Lima Bublitz de 15 anos o vídeo "foi muito interessante faz as pessoas refletirem sobre os diversos tipos de preconceitos,desde onde se mora os bairros mais excluídos,porque no fundo muita gente é preconceituoso,fazem a imagem de uma pessoa apenas pela sua aparência"."Ollhou concluiu"  disse a estudante.
 
Karine de LIma Bublitz
 
 
Para a professsora do Instituto Cecília Meireles que esteve acompanhando uma das tumas durante a primeira sessão do Cine -Clube o vídeo"foi uma reflexão sobre a diversidade na sala de aula, relatou  de uma forma simples mas chocante ao mesmo tempo,desperta em nós professores o modo de olhar sobre os alunos" afirmou Solange Lazzari que leciona Didática Geral.
Professora Solange Lazzari e grupo de alunas

 
 


 

Agenda da Semana:

 
A Escola Estadual Mestre Santa Bárbara promove a Mostra Cultural Alemã no próximo dia 24 de maio ás 19h30min junto ao Ginásio da Instituição.Entrada Franca.
 

Incentivo à cultura

Governador sanciona lei das biografias

dos personagens que dão nome às escolas


O governador Tarso Genro sancionou, nessa sexta-feira (17), no Palácio Piratini, a lei que determina fornecer aos alunos a biografia das personalidades que dão nome às escolas da rede estadual. Com a lei, as instituições de ensino terão que esclarecer e informar os estudantes sobre a história dos personagens, localidades ou organizações que as denominam.

Segundo o texto do projeto de lei 241/2012, de autoria da deputada estadual Juliana Brizola (PDT), aprovado pela Assembleia Legislativa do RS, a Secretaria de Educação (Seduc) ficará responsável por divulgar o conteúdo por meio de apostilas ou outros meios pedagógicos. As biografias serão entregues aos alunos no ato da matrícula ou nas primeiras séries de cada período.

Para a secretária-adjunta de Educação, Maria Eulalia Nascimento, a lei resgatará questões que deixaram de ser efetivas no dia-a-dia. "Contribuirá para que as escolas debatam, reconheçam suas histórias e construam as informações ao lado dos alunos, através de bons projetos de pesquisa". Para ela, o colégio é uma história com passado, presente e futuro. "Existem personagens menos conhecidos no interior que participaram da construção de instituições de ensino. Será importante para a comunidade continuar escrevendo a história deles", acrescentou.
 
Fonte:SEDUC

sexta-feira, 17 de maio de 2013


Escola Egídio Fabris interage com

o Centro Cultural Itinerante do SESI


Aberto á toda Comunidade esteve em Bento Gonçalves durante toda semana e até amanhã o Centro Cultural Itinerante do SESI,espaço moderno com acessibilidade e com um acervo de quase 4 mil livros. Estivemos na manhã de hoje acompanhando a Escola Estadual Egídio Fabris com a professora de Português Ana Lúcia da Conceição e seus alunos. O espaço montado em um caminhão encantou os alunos,disse a professora da 16ª CRE Neiva Michelin.

Texto e Imagens: Eliana Passarin
 
Espaço sediado em frente a Escola Egídio Fabris,alunos,direção e professora de português.

Paloma Carossi,Rafaelle M da Silveira e Roberta Marin
 
Livros para todas as idades
Espaço dotado de acessibilidade demosntrado pelo Assistente Cultural Lauro
Para as jovens Paloma Carossi  e Roberta Marin de 12 anos “o espaço é bem diferente,agradável, estimula a leitura, coisa difícil na nossa idade em que vivemos na internet, no facebook,quem não veio aqui não sabe o que está perdendo”,disseram as estudantes.O Centro Cultural,são unidades móveis que possuem acervo de livros, periódicos, Cd Room que se utilizam de recursos tecnológicos, bem como: computadores, equipamentos de multimídia. Os ambientes são climatizados e possuem um palco externo em que são realizadas atividades culturais. São realizadas, em média, 80 eventos ao ano, atingindo aproximadamente 560 mil pessoas.O trabalho de disseminação da cultura e do desenvolvimento intelectual da comunidade gaúcha foi reconhecido em 2004, ano em que foi recebido o Prêmio Top Social -ADVB/SP − com case: "Centro Cultural: A Cultura com o Pé na Estrada para os Gaúchos". O Espaço está em frente a Escola Estadual Egídio Fabris,Rua Senador Salgado Filho 698 Bairro São.
Espaços agradáveis e grande diversidade no acervo

Jovens interagindo com o Espaço Cultural

Professora de Portugês com os alunos